História #40 – A minha religião.

Por conta da filosofia que eu coloco em tudo que eu faço, as pessoas sempre me perguntam qual é a minha religião.

Eu respondo, “A minha religião é o Jedaísmo”

Não, eu não quis dizer judaísmo. Eu quis dizer JEDAÍSMO MESMO!!!!

Eu sou JEDI!

Kkkkk

A minha igreja é o cinema.

O meu Deus é a força.

O meu pai-nosso é: Que a força esteja com você.

A minha Bíblia é a loja de gibis da Marvel onde eu encontro todos os gibis já escritos sobre STAR WARS.

STAR WARS é a minha religião.

Eu tenho 49 anos. Eu sou da geração que assistiu STAR WARS no cinema em 1978!!!

Você não fazem ideia do impacto que um filme como STAR WARS teve sobre milhões de pessoas que assistiram no cinema em 1978!

STAR WARS é diferente de tudo!

Quando o filme começa você lê na telona “A long time ago in a galaxy far, far away…” em português… “há muito tempo atrás em uma galáxia muito muito distante…” tipo… STAR WARS com as suas naves futuristas e luta no espaço etc aconteceu no passado e não no futuro…. em algum momento já existiu tudo isso… mas por alguma razão… se perdeu.

STAR WARS tem naves espaciais voando na velocidade da luz, batalhas com lasers, sabre de luzes, explosões espaciais, carros que voam, robôs que andam e TUDO ISSO foi feito sem o uso de computadores!!!

STAR WARS foi a grande inspiração para criar dentro de mim a mentalidade de que TUDO É POSSÍVEL.

Se não fosse por STAR WARS o cinema já teria quebrado. Até STAR WARS chegar, cinema era programa de velho. STAR WARS trouxe toda uma nova geração de volta para os cinemas e expandiu o mercado para o que vocês conhecem hoje.

STAR WARS que inventou o merchandising de produtos ligados a um filme de cinema. Mais de 20 bilhões de dólares já foram vendidos em bonecos de personagens de STAR WARS.

Eu assisti o primeiro filme de STAR WARS no dia 25 de janeiro de 1978 no Cine Bristol em São Paulo na sessão das oito da noite quando eu tinha 8 anos de idade.

Eu lembro exatamente o dia, local e hora que eu assisti todos os filmes de STAR WARS no dia de estreia de todos eles nos cinemas.

Eu assisti o primeiro STAR WARS nos cinemas mais de 55 vezes entre 1978 e 1980!!!

Você acredita nisso? Eu parei de contar na 55a vez. O primeiro filme eu já assisti mais de 100 vezes.

Naquela época não existia vídeo cassete. Os filmes de cinema não passavam na televisão. Levava meses para um novo filme estrear nos cinemas.

Eu assisti o primeiro STAR WARS em todos os cinemas da Paulista e Avenida São João daquela época. Bristol, Liberty, Gemini, Gazetão, Comodoro e Metro.

O primeiro STAR WARS – agora conhecido como Episódio 4 – ficou mais de quatro anos em cartaz em São Paulo. Eu lembro disso porque eu mantinha pastas de colecionador com todo tipo de reportagem, recortes e fotografias sobre STAR WARS. Uma das coisas que eu guardava nas minhas pastas era o recorte de domingo do pôster de STAR WARS que aparecia no Jornal da Tarde citando o número de semanas que o filme estava em cartaz. Eu lembro que eu colecionei os recortes de 234 semanas em cartaz.

Quem lembra da sessão de cinema do Jornal da Tarde onde aparecia os cartazes dos filmes??? Eu amava aquilo!!! Era lindo demais!!!!

STAR WARS mudou a minha vida.

O filme fala sobre política, espiritualidade, família, ancestrais, amigos, tecnologia, inteligência artificial, diversidade, redenção, esperança, sacrifício, coragem, a luta do bem contra o mal.

Imagina tudo isso entrando direto na cabeça de uma criança de 8 anos???

Foi o que aconteceu comigo.

STAR WARS é OMNICHANNEL desde sempre. Os filmes do cinema são apenas a ponta do iceberg. Para entender tudo que rola no universo de STAR WARS tem que ler os gibis, os livros, os games, as séries de televisão e muito mais. O universo STAR WARS é criativo demais! São mais de 60 mil anos de histórias que se passam em dezenas de planetas de uma galáxia muito muito distante.

STAR WARS é a minha religião.

Até o momento eu tenho seis tatuagens de STAR WARS pelo corpo. Vader, Luke, Yoda, Rebeldes, StormTrooper, a Força e Boba Fett.

Se dependesse de mim, o nome do meu filho mais velho Xandão seria Luke e do meu filho mais novo Gabriel seria YODA.

O nome eu não consegui colocar nos meus filhos. Mas o chip de STAR WARS está instalado na mente dos dois para sempre.

As pessoas também costumam me perguntar sobre a minha lista de filmes preferidos de STAR WARS. Portanto, lá vai o meu ranking:

Episódio 4 – Uma nova esperança

Episódio 5 – O império contra ataca

Episódio 6 – O Retorno de Jedi

Episódio 3 – A vingança dos Sith

Rogue One

Episódio 9 – A Ascensão de Skywalker

Episódio 8 – O último Jedi

Episódio 7 – O Despertar da Força

Episódio 1 – A ameaça fantasma

Solo

Episódio 2 – Ataque dos clones

Se você nunca assistiu nenhum filme de STAR WARS e ficou com vontade de tentar gostar, assista na ordem que os filmes foram lançados no cinema.

STAR WARS está presente na minha vida diariamente inspirando tudo que eu faço.

A minha ligação com a força nunca será cortada.

Do or do not. There is no try.

Que a força esteja com você.

…..

Eu vou escrever 50 histórias sobre a minha vida até o dia do meu aniversário de 50 anos no próximo dia 29 de dezembro. Se você perder alguma, confere no http://blogdojordao.com/