Os vendedores e a corrupção!

E aí, galera? Beleza? Aqui é o Jordão. E aí, o comprador pede 20% para comprar de você, o que você acha que você deve fazer, hein, meu amigo? Hein, meu amigo? Se você der essa grana para o cara, você está dando um mensalinho para o cara, meu amigo. Você nunca mais vai poder criticar os políticos. Você virou safado. Você virou corrupto. Você virou ladrão. Mensalinho, mensalão, BV, spiff, uma grana para você vender o meu produto é tudo sacanagem, é tudo corrupção, meu amigo. Saí fora disso, cara. Deu para entender? “Mas Jordão, eu trabalho em uma indústria que só tem esse tipo de coisa. O que eu devo fazer, cara?” Meu amigo, nem todo mundo é sacana. Vai atrás de outros clientes do seu mercado. Alguém não faz sacanagem. Eu tenho certeza que alguém não faz sacanagem. Deu para entender, cara? O cara corrupto, o cara ladrão, vive até os 40 anos de idade. E o cara honesto vive até os 80. Quando você entra no Darth Side, no lado negro da força, você não sai mais. Deu para entender? Quando você dá uma graninha para esse cara, você dá uma grana depois, uma grana depois, quando você vê, você vive em um mundo cheio de gente desconfiada. Você desconfia de todo mundo. Você desconfia até do seu cachorro. Entendeu? Entendeu, cara? Vai para o lado bom da força.  Quando você encontrar um pilantra na sua frente, fala que você não quer fazer negócio com ele.

Agora, você quer vender para o cara, para essa empresa que esse pilantra trabalha, sabe o que eu recomendo a você a fazer? Conversar com os outros influenciadores porque ninguém mais compra nada sozinho. E se o comprador está fazendo sacanagem com você, converse com o diretor. “Mas, Jordão, eu vou estar passando por cima.” Cara, converse com o diretor, conversa com o presidente. Não para falar do comprador, mas para falar do negócio que você tem para a empresa dele. Converse com os outros influenciadores. Influencie os outros influenciadores. Beleza? Se você acredita que você tem uma coisa legal para resolver o problema desse cliente, não vai interromper o seu negócio por causa de um pilantra, de um corruptor, de um comprador corrupto e não vá entrar na do cara. Simplesmente, vá falar com os outros influenciadores. Beleza? Que aí, se você tiver um negócio legal, o cara honesto desse grupo que compra, vai falar por você. Vamos mudar esse país, cara. Vamos mudar esse país.

Nunca me esqueço uma vez que a FGV aqui de São Paulo soltou uma pesquisa falando sobre a corrupção nas grandes empresas desse país, 3% do faturamento das grandes empresas estão investidos em corrupção. Eu nunca me esqueço dessa pesquisa que os caras soltaram. Cara, 3%. Os caras investem em lobby, os caras investem na indústria da corrupção para influenciar os caras a fazer. Levam os clientes na casa da luz vermelha para fechar negócio, cara. 3% de dinheiro investido nisso. 3% de dinheiro que poderia ser investido em inovação, poderia ser investido em novos negócios, ampliação das coisas, melhores salários para as pessoas, em coisa legais e tal. Não, o cara investe em corrupção porque é mais fácil para bater a meta, cara. A gente precisa mudar esse país. Eu não vou deixar um país assim para o meu filho, entendeu? E quem vai resolver isso não é a Dilma, cara. Não é. Não é o Governo, cara. É a gente. É você. Toda hora que você faz essa sacanagem aí para fazer venda, você é corrupto, você está odendo esse país, você está entendendo, cara? Odendo a sua indústria. Deu para você entender? Vamos mudar esse troço? Porque eu não vou deixar um país corrupto para os meus filhos. Não vou! E eu estou fazendo a minha e a de um monte de gente. E eu quero que você faça a sua. E se você for corrupto, não chega perto de mim, cara. Porque, senão, eu vou contar para os outros. Beleza, cara? Nem chega perto de mim. Nem procura fazer negócio comigo. Eu não preciso que você me dê 5%, 20% para eu te indicar para um amigo. Eu te indico para o meu amigo e você não precisa me pagar nada. Inclusive, se você costuma fazer esse tipo de coisa, você também está fazendo sacanagem. Entendeu? Você quer 20% para indicar não sei quem para não sei quem? Porra, não dá para você indicar não sei quem para não sei quem porque é legal para os dois se conhecerem? “Ah, mas eu indiquei. Eu ajudei.” Ajudou o quê, cara? Você só indicou. O que custa você indicar? Você não precisa ganhar 20% para fazer isso. Vai cuidar do seu trabalho e vai ganhar dinheiro naquilo que você realmente agrega valor que é criando, que é produzindo, que é empreendendo e não sendo o intermediário de uma apresentação entre pessoas. Saí fora! O mundo não é sobre isso. Beleza, galera? Vamos que vamos. Chega de corrupção e o negócio tem que acabar nos negócios. Beleza? É isso aí.

Para assistir o video dessa transcrição… dá um PLAY logo abaixo: