Eu faço o que eu quiser.


“O livro arbítrio na vida está em você escolher resistir ou não
àqueles impulsos de reagir as coisas que aparecem à sua frente. A cada
momento que você realmente resiste a essas coisas, você age
proativamente e exerce o real livre arbítrio”.
Autor desconhecido.

Prezado Amigo (a),

No início dos anos noventa, a General Motors enviou uma equipe de
executivos de Detroit até Delaware – onde ficava uma das maiores
fábricas da montadora nos EUA –, para contar aos seus 3.500 funcionários
sobre a decisão da empresa em fechar aquela unidade ao final de 1996
para reduzir custos. “Não existe nada que vocês possam fazer para mudar
essa decisão”, disse um dos executivos de cima de um pódio para todos os
3.500 funcionários.

Depois que a equipe de executivos foi embora, o gerente da fábrica subiu
ao pódio para fazer um discurso apaixonado para os então chocados e
abalados funcionários. “Talvez não exista nada que nós possamos fazer
para mudar a decisão da General Motors, mas existe uma coisa que nós
podemos fazer: Nós podemos fazê-los se sentir idiotas! Porque
eles irão fechar a melhor fábrica da empresa em todo o mundo!”.

Motivados por esse propósito, em menos de dois anos, os funcionários
transformaram a fábrica de Delaware na fábrica-modelo de produção,
custos e qualidade entre todas as unidades fabris da empresa. Em 1996, a
GM reviu a sua decisão e manteve a fábrica aberta.

Você tem dois caminhos na vida. Reagir ou Agir. Qual é a sua
escolha?

Você vive uma vida de reagir, quando você não sabe o que você quer ou o
que é importante para você, seu departamento, sua empresa, seu país.
Você vive uma vida de reagir, quando você não sabe o que você realmente
quer que aconteça. Você vive uma vida de reagir, quando você não é
apaixonado pelo que faz e quando você não é persistente o bastante
quando os outros não tem muita certeza das coisas.

Você vive uma vida de reagir, quando o seu chefe diz, “As vendas estão
baixas. Nós precisamos fazer uma promoção”. E a mesma velha promoção é
feita, mudando apenas logotipos, títulos, prêmios e regras.

Você vive uma vida de reagir, quando você se esconde atrás do monitor do
seu computador, fazendo relatórios e tarefas que você mesmo diz todos
os dias que não tem sentido, mas continua a fazê-lo.

Quando você vive uma vida de Reagir, você realmente não faz o que quer. E
por isso vai continuar a fazê-lo por muito e muito tempo. Até quebrar.

Reagir ou Agir não tem a ver com Medo. Tem a ver com Egoísmo.
Para tentar mudar as coisas e enfrentar o sistema – que na verdade não
existe -, é necessário deixar de ser egoísta. Ter Medo e Preguiça é
normal. Ser egoísta não pode ser.

A partir de agora, a sua empresa precisa de VOCÊ, do seu cérebro,
coração e braços para se diferenciar.

ESCOLHA AGIR!

Você vive uma vida de agir, quando você se preocupa com o que
realmente acontece com os outros. Você vive uma vida de agir, quando
você se sente responsável pela sua própria carreira. Você vive uma vida
de agir, quando você FOCA naquilo que realmente interessa.

Você vive uma vida de agir, quando cria a sua própria sorte –
assume riscos. Você vive uma vida de de agir, quando você se sente cheio
de energia para fazer o que precisa ser feito. Você vive uma vida de
agir, quando você se comunica com clareza, confia nas pessoas, constrói
relacionamentos a longo prazo e tem um propósito na vida.

Quando você vive uma vida de Agir, você não vive para você. Você vive
pelos outros.

Existe uma revolução no ar. E essa revolução diz para você trabalhar
como se você não precisasse de dinheiro, e amar como se você não
precisasse de nada em retorno.

Acredite ou não, eu não estou falando de auto-ajuda, eu estou falando
de negócios.

Você DEVE fazer o que você quiser. Tudo ao seu redor depende disso. Você
não percebe?

Você já tem um propósito. ESCOLHA AGIR! Nada menos que isso
interessa.

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E você?