Como resolver o problema de comunicação com os clientes.

E aí, galera… Beleza?! Aqui é o Jordão!

No artigo de hoje vou te falar uma coisa que, se você colocar em prática, você vai fazer melhores propostas para o seu cliente e você vai vender mais, cara! Preste atenção! E se você colocar mesmo em prática, você terá melhores relacionamentos com todas as pessoas.

É o seguinte: as pessoas, todas elas, eu, você, todos temos problemas de comunicação, a gente não consegue expressar aquilo que queremos falar, velho. Não de bate-pronto.

Por exemplo, daqui a 3 minutos depois desse vídeo, alguém vai virar para você e falar:

“Oh, Abreu… Como faz para chegar em Pirituba?”

De bate-pronto, você fala o que?

“Pegue a Marginal Tietê, vá na Anhanguera, vire a esquerda que você chega lá”.

Se esse cara que pergunta para você for lá tomar um cafezinho e voltar, em meia hora depois fazer a mesma pergunta para você:

“E aí, Abreu… Como é mesmo que faz para ir para Pirituba?”

Você vai concordar comigo que você vai dar uma resposta melhor, não vai? A mesma pergunta, se te perguntarem 30 minutos depois a sua resposta vai ser melhor e vai ficando cada vez melhor e tua resposta e tua comunicação com os outros.

Porque a gente, de bate-pronto, a gente não dá as melhores respostas, velho.

Então, se você começar a ter mais paciência com as pessoas que convivem com você e ter essa noção de que, a primeira resposta que o cara te dá não é exatamente o que ele quer dizer. O cara não é um mestre da comunicação e da oratória.

Se você tiver paciência com a pessoa, vai para lá e volta:

“Amigo, como é isso que você falou mesmo?!”

Você ajudará a pessoa a se expressar melhor e criar melhor sua frase e suas historinhas.

Isso é muito importante em vendas! Quando? Na seguinte situação: vamos dizer que você é um construtor de websites focado na presença do negócio na internet, você estava prospectando um cliente e tal, são 9 horas da manhã, você encontrou o cara em um evento, e aí você fala para o cara que você tem uma agência de marketing digital, e que você pode fazer o site do cara, e o cara para, vira para você e fala:

“Pô, que legal! Tô precisando de um site novo mesmo, você pode fazer para mim?! Você pode mandar a proposta?”

“Claro, vou mandar para você! Às 6 da tarde estará na sua mesa!”

O que você tem que fazer a seguir? São 9:15 da manhã, você entendeu mais ou menos o escopo, o cliente te disse que quer o website, certo?! Mas o que você tem que fazer?

Às 11:30 você tem que ligar no telefone ou WhatsApp do cara e falar assim:

“Oh, meu amigo… Beleza, cara?! É o seguinte: depois que terminou a nossa conversa, eu fui revisar as anotações, eu ainda tenho 3 dúvida para tirar com você”

Essas três dúvidas podem ser as mesmas coisas que vocês conversaram 9 horas da manhã.

“Você quer mesmo um website?!”

Sabe o que o cara vai falar para você?

“Não, eu quero uma landing page”.

Se você for um cara que não sabe escutar os outros você vai falar:

“Pô, meu irmão… Você falou site, agora está falando landing page?”

Sabe o que o cliente vai falar para você?

“Não, mas quando eu falei site, eu queria dizer landing page. Você que é o especialista. Você não é o consultor? Você deveria ter entendido o que eu estava querendo dizer”.

Então, entre a fase de prospecção, quando você está entendo o escopo da parada, e a proposta, você tem que colocar uma atividade no meio para você validar o que o cliente falou. Porque se 2 horas, 3 horas, 3 dias depois, antes de mandar a proposta, você perguntar para o cara o que ele quer mesmo, ele mudou. Ele vai mudar o jeito de falar e vai mudar o que ele quer.

Na cabeça dele não mudou nada, não é?! Mas as palavras são outras, você terá outro entendimento e, então, é importante fazer isso.

Você, por exemplo, que me escuta e que é um cara que é pago para marcar visitas com os seus vendedores, você tem que ter essa fase aí.

Você liga para os caras para marcar visita, eles falam:

“Pode mandar os caras aqui!”

Em vez de você já pegar esse lead e passar para o vendedor, você tem que colocar essa ligação de comprovação no meio. Ele fala para mandar o cara lá, você liga, duas horas depois, para ver se ele tem o problema, se você pode ajudar, se ele tem a verba, se ele é o cara que decide.

Se 2 horas depois o que o cara te falar ter realmente a ver com vocês, aí você manda o cara. Beleza?! Não pode só ligar e marcar a visita. Tem que ter a validação!

Tenha paciência com as pessoas, ninguém é mestre em comunicação, é você que tem que validar o cara quer dizer, tem que perguntar de novo, quanto mais perguntarmos, mais próximo da realidade do cara estaremos.

Eu fiz um video sobre como resolver os problemas de comunicação com os seus clientes.

Assiste aqui: