7 lições de Game of Thrones que podem mudar a sua vida.

Game of Thrones é a MELHOR série de televisão de todos os tempos! Nada se compara com Game of Thrones em termos de prêmios recebidos, investimentos financeiros, pirataria e downloads ilegais da série, visualizações de streamings na web, número de personagens principais, REALISMO, e acima de tudo, reviravoltas surreais e inesperadas na história!

Game of Thrones é FANTÁSTICA!

Eu AMO Game of Thrones!

E como eu sempre digo, eu aprendi mais sobre negócios na minha vida assistindo filmes de cinema e séries de televisão do que lendo esses livrecos superficiais de auto-ajuda e negócios que você encontra nas livrarias por ai.

Qual livro de negócios pode ser melhor do que Game of Thrones???

NENHUM!

Game of Thrones está na última temporada.

Falta apenas um episódio para terminar.

Eu já estou com saudades.

Semana que vem termina.

Ontem rolou o penúltimo episódio.

Se você nunca assistiu, experimente!

Para assistir Game of Thrones desde a primeira temporada, assine o serviço de streaming da HBO, o HBO GO. Vale cada centavo.

Eu vou falar agora sobre algumas lições de negócios que você pode aprender com Game of Thrones.

AVISO: ALERTA DE SPOILERS!

Algumas dicas abaixo contem relevações sobre o que aconteceu em Game of Thrones.

1.O Inverno está chegando. “O Inverno está chegando” é um tema recorrente que você escuta o tempo todo durante a série.

“O Inverno está chegando” significa que tempos ruins sempre chegam nas nossas vidas e que não tem como evitá-los.

Você tem que se preparar para eles.

O tempo todo.

Economizar ao invés de investir.

Ter os pés no chão o tempo todo.

Não deixar o poder, o status, a glória, os fãs e o dinheiro subirem a sua cabeça

É muito comum relaxarmos todos os nossos sentidos quando estamos por cima.

Nos negócios, com o faturamento entrando, dois funcionários viram cinco, depois viram dez, vinte, e quando você vê, a empresa está inchada de gente desnecessária trabalhando em um escritório grande demais e caro demais.

A verdade é que você não pode relaxar NUNCA.

Você sempre tem que estar alerta.

Você sempre tem que valorizar cada centavo que você ganha.

Você sempre tem que avaliar muito bem os investimentos que você vai fazer porque de repente, o inverno chega, e tudo se desmorona rapidinho.

O fim do Rei da Noite foi um excelente exemplo disso.

O personagem teoricamente mais poderoso da história, relaxou a guarda, e não percebeu os movimentos da Arya se aproximando para matá-lo. E tudo acabou rapidinho.

É assim que funcionam as coisas.

Bobeou por um segundo, perdeu tudo.

Tomou uma decisão errada, acaba tudo.

É ou não é?

2.Os Lannisters sempre pagam as suas dívidas. Outra mantra recorrente em Game of Thrones é “Os Lannisters sempre pagam as suas dívidas”.

Não é a toa que a família mais rica dos sete reinos é justamente os Lannisters.

Eles sempre tem dinheiro.

Eles sempre pagaram suas dívidas.

Ao pagar as suas dívidas você sempre terá crédito para usar quando o inverno chegar.

E o inverno vai chegar.

Nos negócios, economizar é tão importante quanto investir.

As dívidas destroem a flexibilidade que você precisa ter para se adaptar as mudanças que sempre rolam.

A falta de flexibilidade destroi as possibilidades criativas e inovadoras que vão aparecer para nós.

3.Tal pai, tal filha. Ontem, no penúltimo episódio da série, Daenerys, a personagem que a mulherada estava contando para ser um exemplo de empoderamento feminino blá blá blá, sucumbiu a própria esssência e matou todo mundo como o seu pai fez anos atrás.

Os haters da internet estão criticando a “mudança” na história, mas não é nada disso.

A própria Daenerys previu tudo. No episódio 10 da segunda temporada, “Valar Morghulis”. Daenerys entra na Casa dos Imortais para tentar recuperar seus dragões e tem várias visões. Dany vê o Trono de Ferro e, na época, a aposta é que ele estaria coberto de gelo, possivelmente pela chegada do Rei da Noite. Agora fica claro que o que cai do céu são cinzas causadas por ela mesma. Daenerys também olha pra cima e destaca a destruição da Fortaleza Vermelha.

Durante toda a série Daenerys luta contra os seus demônios internos tentando ser uma pessoa que ela não é.

Ela liberta escravos, empodera a sua equipe, é gentil com algumas pessoas, mas no final, nós somos o que nós somos.

A moda pregada pelos gurus de auto-estima é buscar um propósito para as nossas vidas.

Eu vou falar para você qual é o propósito da sua vida.

O propósito da sua vida é pagar as contas. O propósito da sua vida é levantar da cama, abrir os olhos, e VIVER.

É muito triste ver tanta gente procurando um propósito para suas vidas ao invés de viver suas vidas atuais na plenitude.

Durante 12 meses da minha vida, quando eu tinha 18 anos, eu era responsável pelo levantamento das certidões negativas necessárias junto ao governo federal, estadual e municipal para ajudar a Brasoftware a entrar em licitações para vender o Wordstar, o Lotus 1-2-3, o Dbase e outros softwares.

Em nenhum momento eu ficava questionando o propósito daquilo.

Era o que tinha para fazer naquele momento.

Eu então mergulhava de cabeça no trabalho para fazer o que tinha que ser feito.

O trabalho “estratégico e revolucionário” que esperasse o seu momento.

Uma coisa leva a outra e olha onde eu estou agora.

O Sol nasceu para ser um Sol. E não para criar uma ONG para salvar Plutão.

Pare de procurar por propósitos e faça com amor tudo que está ao seu alcance para fazer.

4.Conhecimento é poder. Um dos personagens mais marcantes de Game of Thrones é Varys, o aranha, o eunuco. Desde o início da história, Varys comanda uma vasta rede de informantes espalhados por todos os sete reinos que o mantem super informado sobre tudo que está acontecendo com todas as pessoas e coisas que realmente interessam. Ele é super observador. Super antenado. Os seus insights acabam influenciando muitas das grandes decisões que são tomadas em Game of Thrones.

Varys é um eunuco. Ele veio de baixo. Sofreu muito na vida. E conseguiu acender ao conselho do rei devido ao networking que fez ao longo de toda a sua vida.

Você não precisa desenvolver uma rede de espiões para saber tudo que está rolando no seu mercado. Mas você precisa criar uma rede de relacionamentos com o máximo possível de pessoas ligadas ao seu mercado.

Você precisa se relacionar com alguns usuários finais, alguns varejistas, atacadistas, consultores, empresas de software que automatizam a indústria, empresas de treinamento, jornalistas que cobrem os negócios, blogueiros influentes, orgãos do governo, etc etc etc.

Conhecimento é poder.

Networking é poder.

5.Construa uma equipe que você possa confiar. Obcecada pela conquista do Trono de Ferro, Daenerys forma a melhor equipe de todas. Ao tratar as pessoas com respeito, ela ganha a fidelidade de escravos e conselheiros importantes. O seu vasto exército improvável ajuda Daenerys a conquistar uma cidade atrás da outra.

Você não precisa libertar as pessoas da escravidão para conseguir a sua fidelidade, mas você precisa tratar todas as pessoas que passam na sua frente com muito respeito.

Do porteiro ao presidente, do fornecedor-parceiro ao cliente, seja autêntico, humano e procure sempre motivar, inspirar e incentivar as pessoas a darem o seu melhor ao sempre comunicar as suas intenções com muita clareza.

Outro tema muito recorrente em Game of Thrones é saber em quem confiar.

Durante toda a série você vê personagens cairem por terra por terem escolhidos os amigos errados.

Como saber em quem confiar?

A fórmula mágica de Daenerys é cercar-se apenas de pessoas que juraram fidelidade a ela e as suas intenções.

Deixe sempre claro quais são as suas intenções. Trate todos com respeito.

6.Seja gentil. Game of Thrones é muito conhecida pelas suas mortes medievais violentas. Realmente… a violência pega pesado em Games of Thrones. MAS… existem também os momentos não-violentos onde rola gentileza, amizade, família e sacrifício.

Por exemplo, Cersei Lannister, a grande vilã da série, a rainha do mal que todos querem ver morta, em um determinado momento, reconhece que GENTILEZA é fundamental.

Ela vira para Joffrey, o seu filho pirado, e diz, “Joffrey, as vezes você tem que ser gentil com as pessoas. A sua ocasional gentileza vai poupar você de muitos problemas ao longo da sua vida.”

Joffrey não escuta a mãe, e toma na cabeça.

7.Olhe além da muralha. Cada um dos sete reinos em Game of Thrones tem suas particularidades culturais que os levam a ter preconceitos diversos com relação as outras culturas.

John Snow é o primeiro personagem na série a olhar além do próprio umbigo e ter empatia pelos outros povos.

A sua atitude o aproxima dos Selvagens que se tornam um dos seus grandes aliados para lutar contra os Mortos.

Não deixe que o seu horizonte termine na sua zona de conforto.

Vá além dos seus preconceitos.

Olhe para fora da caixa.

Existem grandes oportunidades esperando por você fora da sua zona de conforto.

E as vezes… até faz sentido… aliar-se aos seus inimigos.

Game of Thrones é SENSACIONAL!

Espero que você tenha a oportunidade de assistir.

VAMOS PRÁS CABEÇAS!

Porque o Inverno está Chegando.

ARREBENTA!

Eu fiz um video sobre as 7 lições que Game of Thrones tem a ensinar a você sobre a vida.

Assiste aqui: