Resiliência em vendas.

E aí, galera… Beleza?! Aqui é o Jordão!

É muito importante você ser uma pessoa resiliente para vender, para empreender. Resiliência é a capacidade de voltar ao estado normal depois de tomar uma paulada na tua vida

Você quebrou? O Cliente não fechou? Você está frustrado? Alguma coisa deu errado? A sua capacidade de voltar ao estado de felicidade, ao estado em que estava antes de você tomar o não, chama-se resiliência. Quanto mais rápido você voltar ao seu estado normal, mais resiliente você é.

E você precisa ser! Mas porque isso é tão importante em vendas? É o seguinte: de cada 100 pessoas que você encontrar em sua vida, se você não conhece eles direito, apenas 1 vai dizer sim para você. Os outros 99 vão dizer:

“Ligue-me daqui a 6 meses”.

Não é você o problema, é assim que funciona. 

Surgiu a internet e a possibilidade de nós personalizarmos nossas propostas e aí as taxas de conversão foram melhoradas. A Amazon, por exemplo, é incrível. A cada duas mensagens que eles mandam, eles conseguem fechar em uma. Os caras chegam a ter 50%. 

Mas porque a oferta é personalizada, eles conhecem a gente. O big data da internet consegue ajudá-los a entender o que eles têm que mandar para a gente e conseguir uma taxa muito melhor. 

Mas se você não tem nada disso, se você liga para clientes que você não conhece direito, se você topa com um cara na rua e acha que ele tem que comprar de você, não vai rolar! Você tem que ser resiliente – para ouvir os nãos. 

Não internalize isso. Escute o não e aprende alguma coisa com isso. 

Eu encontro o tempo todo gente de 40, 50, 60 anos e quando a gente senta para conversar sobre o mundo, sempre surge alguém criticando a juventude:

“Os jovens de hoje são muito imediatistas, se você não der o que ele quer agora, ele fica chorando…”.

Mas esses mesmos adultos que criticam os jovens por serem imediatistas cresceram adultos imediatistas para caramba, velho. 

Porque, quando você manda uma mensagem para o teu cliente, ele não compra de você e você fica chorando ou se perguntando por que não comprou. Você é um cara imediatista, velho.

Você fala:

“Poxa… Mandei a mensagem. Não entendo o que acontece…”.

  “Mandei um e-mail e nada”.

“Já mandei a proposta, estou esperando…”.

E vai ficar esperando, velho! Deixe de ser imediatista, vendas é um processo. Talvez sejam necessários 45 e-mails. Você recebe 100 e-mail por dia, e quantos desses você lê? 5? Os outros 95, enviados por 95 vendedores, não são abertos. 

Aí ficam 95 vendedores achando que você já leu a mensagem. Recebeu, não é?! 

São necessários 5 contatos, 45 e-mail… Eu tenho 1.000 vídeos no YouTube para você vir ao Epicentro, e você não vem. Você ainda não fez o meu curso de vendas, O Vendedor Rainmaker. 1.000 vídeos, não sei quantos artigos e eu ainda não consegui converter você, para você ver como as coisas são difíceis. 

Você acha que eu estou desanimado?! Todo dia eu estarei aqui escrevendo e gravando até você me dar dinheiro, gosta e indicar para outros caras, velho. É assim que funciona. 

Você solta um produto e ninguém compra, você não pode ficar assim:

“Ah, eu mandei mal. Eu sou ruim. Não consigo pensar nada legal. Não sou um bom vendedor”.

Separe o fracasso de quem você é. Tente não fazer isso, cara. Isole a situação e vamos mudá-la. 

Você manda uma mensagem e eu não faço nada a respeito, ninguém compra, você tem que mudar o título, tem que mudar a cor, tem que mudar a criação, tem que mudar o preço, mudar o produto, você tem que mudar alguma coisa

Talvez você tenha mandado para o cara errado. 

“Pô, Jordão… Mas meu foco são as mulheres”.

De onde você tirou isso? As mulheres não querem que você venda para elas. Você criou isso na sua cabeça. Se você mandou a mensagem, não tem reação, a venda não acontece… Mude, velho. Vá falar com os homens, com as crianças, para os idosos. Vamos mudar o foco de cliente. 

E aí entra outras paradas: tem que estudar, se preparar, trabalhar duro. Ou você acha o que? Você nunca estudou sobre vendas e marketing, e aí quer fazer uma mensagem às 9 horas da manhã, mandar para 1.000 pessoas, e quer que os caras comprem de você, cara?! Deixe de mimimi, velho.

Você vai ter que estudar, que ler livros, que fazer cursos… Leia um livro meu, faça os meus cursos, vai ter O Epicentro, o Rainmaker, Vendas Cura Tudo e muitos outros, cara… Mais e mais coisas para você se melhorar como vendedor e como pessoa. Beleza?! 

Essa é a ideia: vendas é um processo, não internalize e seja um cara que quer aprender o que você fez de errado para da próxima vez mudar. 

Outra coisa que vai te ajudar a ser mais resiliente é andar com pessoas resilientes. Ande com sobreviventes, com pessoas que superaram grandes desgraças na vida etc. 

Você não tem nenhum amigo assim? Veja palestras dessas pessoas, leia livros sobre a história deles, leia as mensagens dos caras, no mínimo fique perto das páginas no Facebook e Instagram de caras que se superaram na vida e você vai acabar sendo contaminado por esses caras aí. Beleza?! 

Eu não sou psicólogo, mas se você googlar o que vou falar aqui você vai encontrar várias teorias que confirmam o que vou falar aqui. O cérebro da gente não distingue o que já aconteceu com você e o que você acha que pode acontecer com você. 

Então, para ser resiliente, você tem que imaginar o que vai acontecer antes de entrar na situação.

Se você vai para a reunião com um cliente, vá imaginando que vai dar certo, imaginando você fechando, você fazendo a apresentação, ele dizendo sim para você, imaginando como você vai apertar a mão dele, como você entrega o cartão para ele. 

Você pode tomar uma paulada, mas seu cérebro não vai ficar tão quebrado assim, porque você viu a situação. E para você não criar uma ilusão na sua cabeça, imagine a coisa nos mínimos detalhes. Não seja ingênuo de criar uma ilusão na sua cabeça de que basta entrar sorrindo para o cliente que ele vai comprar de você. 

Imagine – em detalhes – as coisas como podem acontecer e vá treinando na sua cabeça. 

É muito importante ser resiliente em vendas porque você vai receber muitos nãos na tua vida e você não pode internalizar isso aí. É assim que nós vamos para as cabeças. Falou?!

Quer aprender mais sobre tudo isso, venha fazer o meu curso, O Vendedor Rainmaker. Se você está lendo esse artigo em 2429, clique aí porque O Epicentro, o Rainmaker, o Vendas Cura Tudo continua existindo e quem sabe seja o momento certo de você fazer sua inscrição para o próximo. 

Venha aprender a ser menos mimimi e chororô e aprender a ser mais resiliente. Falou?!

Eu fiz um video sobre resiliência em vendas.

Assiste aqui: