43 anos lendo livros.

Livros… juntos comigo faz pelo menos 43 anos. 🤘😍🤘❤️

Até onde eu me lembro a minha paixão por livros começou no mesmo momento em que começou a minha paixão por vendas e marketing.

Tudo começou por causa das visitas da tiazinha-vendedora de livros porta a porta do Círculo do Livro.

Alguém aqui lembra do Círculo do Livro?

O Círculo do Livro era uma empresa que vendia livros porta-a-porta por catálogo.

A vendedora do Círculo do Livro visitava a casa dos meus pais quinzenalmente para conferir o nosso pedido de livros. Ela deixava o catálogo mensal do Círculo do Livro com os meus pais, e depois ela vinha pegar os pedidos e entregar os livros que nós encomendávamos através do catálogo. Os livros eram pesados pra caramba mas a Tiazinha dava conta do recado.

Eu ADORAVA a mulher. Ela era pau para toda obra e ainda entendia dos livros que apareciam no catálogo.

Eu aguardava a visita da tiazinha do Círculo do Livro com ansiedade.

A revista-catálogo do Círculo do Livro era FANTÁSTICA.

Naquela época, anos 70 e 80, a Livraria Cultura era um ovo, a Saraiva uma papelaria que vendia réguas e livros jurídicos, a Siciliano uma livraria de galã no shopping Iguatemi, e a livraria da escola só tinha Machado “ARGH” de Assis.

NADA contra o GRANDE Machado de Assis. MAS… caramba.. Machado de Assis para uma criança de 7 anos???

Se dependesse das indicações dos livros da escola eu teria crescido com ÓDIO de livros.

Foi através do Círculo do Livro que eu descobri que os livros eram uma coisa MUITO LEGAL.

O Círculo do Livro entrava na minha casa!!! Era o comércio eletrônico antes dele existir com o atendimento HUMANO e PERSONALIZADO que ainda é raro nas lojas virtuais atuais.

Através do Círculo do Livro eu conheci a Agatha Christie, Sidney Sheldon e suas heroínas, Ken Follet e muitos outros.

O meu herói de infância foi o Hercule Poirot. Eu acho que eu li mais de 70 livros da Agatha Christie antes de completar 12 anos de idade. Eu era APAIXONADO pela Agatha Christie. Eu li tudo que existia na época.

Nós somos os livros que lemos!

Eu acho que é por causa das histórias da Agatha Christie que eu li na minha infância que eu cresci querendo colocar uma “pegadinha” em tudo que eu faço. Finais surpreendentes. Reviravoltas inesperadas. AGATHA CHRISTIE É FODÁSTICA DEMAIS!

A vontade de conhecer tudo sobre Agatha Christie me levou a ler a sua biografia.

Ao terminar o livro da história da rainha do crime, eu descobri que eu AMAVA biografias.

A partir daquele momento, eu virei um colecionar e leitor voraz de biografias. Eu cesci lendo a história da vida de todo mundo que eu admirava.

Aos 14 anos eu li a biografia de Lee Iacocca, o REVOLUCIONÁRIO executivo americano que revolucionou a indústria de carros nos EUA ao lançar o Ford Mustang e tirar a Chrysler do buraco. O cara mudou tudo, e ainda foi demitido!

Eu fiquei fascinado por toda aquela história. Eu tinha 14 anos! Eu ainda nem sabia direito o que ia fazer da vida, mas já sabia que eu queria quebrar tudo dentro do mundo corporativo do trabalho.

Dos 12 anos de idade até hoje, eu já li seguramente mais de 500 biografias de tudo que você pode imaginar. Do Walt Disney ao Hitler, do Steve Jobs ao FODÁSTICO Deng Xiaoping – o chinês que mudou a história da China e de todo o planeta como nós conhecemos hoje.

Em paralelo a tudo isso, eu também sempre AMEI ler as histórias da Bíblia. Diferente dos meus amigos de infância que liam a Bíblia por obrigação, ou não liam porque achavam que era coisa de igreja, eu sempre fui fascinado pelas histórias de superação dos personagens bíblicos como Sansão, Abraão, Moises, José, Daniel, Noé, Jó, Salomão, Elias, Davi, Jesus entre tantos outros.

Eu sempre fui FASCINADO pela história de Davi contra Golias. José e seus irmãos, Daniel na Cova dos Leões, Abraão e o filho, Jesus e tudo que ele fez.

COM CERTEZA eu me sinto BLINDADO hoje em dia por conta de tantas histórias de superação, coragem e doação que eu li enquanto crescia.

Eu tenho 48 anos de idade. Desde que eu me conheço como gente eu tenho um livro embaixo do braço. Hoje, dentro do meu iPhone, iPad, MacBook, Audio-livros, impressos, em todo lugar.

Dos 20 anos de idade em diante a filosofia entrou na minha vida.

Dizem que quando somos jovens, a nossa preocupação é saber “como fazer as coisas”, quando ficamos mais velhos, a nossa preocupação passa a ser “por que eu tenho que fazer as coisas”.

Eu acho que eu fiquei mais velho com 20 anos. Hehehe.

Para responder a pergunta do PORQUE DAS COISAS eu descobri e me APAIXONEI COMPLETAMENTE por Nietzsche, Emerson e Ayn Rand.

Para balancear toda a seriedade dos questionamentos da vida, eu conheci o MARAVILHOSO Millor Fernandes. Para mim, o MELHOR e MAIOR AUTOR brasileiro de todos os tempos.

A filosofia russa, americana e alemã somada a vontade de empreender com criatividade somada ao espírito de doação das histórias bíblicas somada as reviravoltas da Agatha Christie somada as sacadas geniais de Millor Fernandes e ainda muitas outras coisas que outro dia eu conto para vocês, produziu o que eu sou.

No final da vida nós somos os livros que nós lemos e as pessoas que nós conhecemos.

Que tipo de livro você está lendo?

LIVROS LIVROS LIVROS!

VAMOS PRÁS CABEÇAS!

Jordão