Jordão em 360 graus! Não basta vender, tem que controlar.

jordao-em-360-graus

E aí, galera? Beleza? Aqui é o Jordão. Estou aqui fazendo o meu primeiro vídeo 360 com a minha nova câmera Ricoh Theta, s sei lá o quê. E como vocês podem ver, se você ainda não tinha visto um vídeo desse tipo, você consegue navegar pelo vídeo aí. Você consegue ver a minha cara, consegue ver lá na frente, consegue ver dos lados. Está vendo aí como funciona? Se você mexe o seu telefone, se você vai com o dedo aí, você consegue ver o que está acontecendo dos lados. Não é animal? Então, é uma nova maneira de fazer vídeo e tal que, se você não conhecia, está vendo aí.

E aí, para inaugurar, enquanto vocês navegam aí, ficam vendo como funciona essa tecnologia, eu vou falar sobre uma coisa super importante para vendas que é tipo controle. Os galãs aí das grandes empresas chamam de governança. Mas eu sempre falo assim, vendas é fazer prospecção, é vender, trazer novos negócios, novos clientes, novas metas, novas isso, novas aquilo, mas, se você não tiver um controle, o negócio desanda, o negócio não anda para frente. Não adianta nada você ficar abrindo, abrindo, abrindo e não fecha nada, não fecha nada, não fecha nada. Então, tem que ter realmente algum tipo de controle, de organização, de disciplina, de governança, chame do jeito que você quiser. E aí, para ter isso em vendas, você tem que ter, no mínimo, um CRM. Um software de gestão de relacionamento com os clientes porque hoje com um software de CRM, tipo Salesforce ou Pipedrive, você consegue, se você for uma pessoa organizada, você deveria ser organizado porque cara desorganizado não deveria nem ser vendedor. Você deveria trabalhar em outra área porque em vendas tem que ser um cara minimamente organizado. Então, se você começar a utilizar um software de CRM, você colocaria nesse software bonitinho todos os seus negócios, o que está rolando, o que não está rolando, o tal do seu funil de vendas, o tal do seu Pipeline, sei lá, cada um chama do jeito que quiser, mas você teria que ter isso. Você tem essa responsabilidade de ter essa organização para poder mostrar para o seu chefe, para o chefe do seu chefe o que está acontecendo, ainda mais quando você, sei lá, tem uma indústria, cara. Você depende de gente para entregar o que você vende. Se você não mostrar o Forecast, a previsão do que vai acontecer e tal, se você mesmo não tiver seguro disso, você não consegue trabalhar com outras pessoas. Outras pessoas não conseguem te ajudar, não conseguem produzir aquilo que você vende, não é, não? Então, você tem que ter um CRM bacana.

E outra coisa para te ajudar aí na sua previsão do seu Forecast, dos seus negócios, é você manter o contato com a turma. Então, é uma viagem, eu sempre falei isso, eu sempre falo isso, quem me segue já deve ter me ouvido falar, mas é uma viagem você falar assim que está há 35 dias o negócio parado. É uma viagem ter essa situação. Você tem que ter lá no seu CRM, no seu controle, você tem que ver que pô, no máximo, a cada sete dias, o cara tem que ouvir falar de você, você toca o cliente de alguma maneira, você manda uma coisa nova para ele que a sua empresa criou, que você criou, alguma coisa nova que você escreveu, que a sua empresa filmou. Sei lá. Mas a cada sete dias, o seu cliente deveria receber um contato seu e no software de CRM bacana, você conseguiria monitorar isso aí, controlar isso aí, saber: “Olha, faz seis dias que o cara baixou não sei o quê do nosso site.” “Faz nove dias que o cara abriu o e-mail que a gente mandou para ele.” Quer dizer, se o cliente de vocês, esse cara que vocês começaram a conversar estiver sendo tocado pela sua empresa a cada sete dias, você tem um negócio que está fresco, que está andando e que pode ser que acabe virando alguma coisa, não é, não? Então, essa é uma coisa super importante que tem que ter.

Então, não adianta nada você ficar abrindo, abrindo, abrindo, trabalhando com novos caras o tempo todo, mas aí não controla nada, não administra nada, não organiza nada e aí se perde direto aí.

Então, esse era o recado de hoje. E aqui, como vocês podem ver, dá uma olhada do lado aí, dá uma olhada para frente, isso aqui é a tecnologia de fazer vídeo em 360 que é bacana! Eu estou usando a câmera Ricoh, Theta Ricoh, que eu comprei lá na SXSW, lá em Austin, no South by Southwest, estava sendo vendida lá. Tinha uma promoção. Peguei e mandei ver.

Eu vou fazer vários outros vídeos desse. Vou andar por São Paulo e fazer vários vídeos para vocês terem uma ideia de como essa tecnologia funciona aí. Beleza, galera? Então, é isso aí. Espero que vocês tenham gostado desse primeiro vídeo 360 e a gente se fala aí. Beleza? Até mais. Grande abraço.

Assista agora ao video de onde saiu essa transcrição: