O quê você vai fazer depois que você se aposentar?

“A vida só é dura para quem é mole”. Autor
desconhecido.

Querida Amiga (o),

Alguns minutos atrás você recebeu a notícia de que você herdou R$ 5
milhões de reais. O que você faria com tanto dinheiro? Você
transformaria ele em um novo apartamento, um novo carrro, um banho de
loja, uma viagem para aquele lugar que você sempre sonhou, além de
continuar com o seu emprego atual e guardar o que sobrou para ter ganhos
financeiros todos os meses? Ou você largaria o seu emprego atual para
abrir o seu próprio negócio? Ou você doaria tudo que você acaba de
ganhar porque você não conseguiria lidar com a sensação de viver uma
vida graças às realizações e trabalho de alguém que veio antes de você?

Às vezes quando eu passo por aqueles lugares onde eu vivi e cresci, e
vejo que a velha padaria hoje é uma pizzaria, o cinema do bairro virou
supermercado, o casarão da esquina foi transformado em um edifício
comercial, e em frente ao lugar onde moravam os meus amigos se encontra
uma placa “Aluga-se”, uma pontada de saudade bate no meu coração, as
referências que eu tinha da minha infância sumiram, e daqui a pouco vai
parecer que o mundo em que eu vivi nunca existiu.

Triste? Eu não acredito. O importante na vida é manter
contato com as pessoas e não com as coisas
. Se nem você que
morava onde você morava mora mais por lá, quem disse que a nova geração
tem que gostar das coisas que você gostou? Quem disse que o filho do
dono da padaria deve dedicar sua vida a manter aquilo que o seu pai
construiu anos atrás, se a vida das pessoas em volta da padaria mudou?

Eu nunca recebi um currículo de alguém que tivesse a coragem de relatar
os momentos difíceis que passou, os tropeçou que enfrentou, e as
iniciativas que fez para se recuperar. A grande maioria das pessoas cita
apenas os bons resultados que teve e os números bonitos que atingiu, as
empresas famosas que trabalhou e os cursos bacanas que fez.

A experiência profissional das pessoas é sempre descrita através de
verbos como “Desenvolvi, Gerenciei, Aumentei, Criei, Inventei,
Mudei…”
, ninguém descreve as coisas que fez com “Perdi para
recuperar, Aprendi para perceber, Tropecei para não repetir, Diminui
para dobrar…”
. Ninguém fala sobre o ANTES e o DEPOIS que o Ser
Humano entrou em cena. A grande maioria dos currículos do mundo
descrevem carreiras profissionais maravilhosas que aparentemente nunca
passaram por dificuldades.

Eu quero VER um currículo que fala, por exemplo, sobre aquele cliente
perdido em Janeiro e recuperado em Junho, depois de uma série de
iniciativas e mudanças de atitudes por parte do próprio dono do
currículo.

Eu quero ver REALIZAÇÕES PROFISSIONAIS e não EXPERIÊNCIAS
PROFISSIONAIS.

Eu não quero saber o quanto você é bom e de qual
escolinha-que-produz-robôs você saiu. Eu quero SABER sobre o que você
já fez SOZINHO
.

Não me diga que você sabe vender aquilo que a sua empresa já vendia
sozinha. Não me diga que você sabe se relacionar com um cliente que já
se relacionava com a empresa antes de você aparecer. Não me diga que as
suas REALIZAÇÕES PROFISSIONAIS se resumem a ter aumentado a
produtividade da sua equipe em 20% no último ano. Eu não quero saber se
você melhorou alguma coisa. Venha falar comigo quando você adicionar
algo à vida de alguém que simplesmente não existia antes da sua chegada.

Algumas das crenças que muitos de nós ouvimos quando éramos mais jovens
não valem mais nada, por exemplo, fazer uma boa faculdade é garantia
para conseguir um bom trabalho; continuar a estudar é imperativo para se
manter a frente da sua profissão; ser médico, advogado ou engenheiro é
garantia para ter um futuro brilhante, trabalhar em uma grande empresa é
garantia de emprego seguro, e acima de tudo, se aposentar aos 65 anos
de idade – depois de tanto trabalho… -, é sinal de ter levado uma vida
bem-sucedida.

SE APOSENTAR??? Eu vou trabalhar até o dia em que eu não puder
mais trabalhar. Eu quero MORRER EM AÇÃO! Suando a
camisa durante um cooper em uma praia ou em um parque
, e não em
frente a um guarda-roupa cheio de roupas novas e engomadas. Eu quero
cair duro já quase sem voz a frente de uma sala de aula lotada de Seres
Humanos
, e não sozinho olhando para a piscina
olímpica-particular-de-marmóre-importado de uma casa na praia. Eu
quero fechar os olhos em e ABRAÇADO à pessoa que eu amo
,
e não deitado em uma cama que não é minha, e cercado por pessoas que me
respeitam. Eu quero ser desligado na frente do meu computador,
conectado ao mundo, escrevendo o meu melhor capítulo
, e não vivendo a
história dos outros.

Mostre-me alguém que quer se aposentar, e eu te mostro alguém que não
ama de verdade a vida que leva.

A pergunta aqui não é o que você vai fazer depois que se aposentar, a
pergunta aqui é o que você vai fazer para que você NUNCA
se sinta aposentado.

Infelizmente, eu conheço muitos aposentados… eles têm vinte e poucos
anos de idade, trinta e poucos anos de idade, quarenta e poucos anos de
idade…

MORRER EM AÇÃO! DE PÉ e ABRAÇADO! Nada menos que
isso interessa.

QUEBRA TUDO!!! Foi para isso que eu vim! E Você?