Traia a sua Geração.

Você já parou para pensar porque você tem o dom de Pensar Coisas Grandes? Você já parou para pensar porque você tem o dom de Amar Tanto as Coisas? Você já parou para pensar porque você tem o dom de Perdoar as Pessoas e sentir Compaixão pelos Outros? Se somos perfeitos, porque teríamos o dom de fazer algo para não fazer? Se você quer servir a sua geração, traia a sua geração.

Eu ainda me lembro do dia da minha formatura da faculdade. Eu ainda me lembro de ver todos os meus colegas vestidos iguais, enfileirados iguais, igualmente ansiosos por receberem um canudo azul igualmente vazio, sem diploma, sem nada dentro, sem nem uma carta de reconhecimento de alguém.

Eu ainda me lembro do discurso do paraninfo (que nome!), com seu texto coincidentemente muito parecido a tantos outros paraninfos, e mais ou menos assim, "Hoje uma fase da vida de vocês termina, amanhã uma nova fase se inicia, a vida não é fácil, mas a vida é bela, a educação não termina aqui, continuem a estudar, não façam nada por dinheiro, tenham sempre vontade de aprender, não tenham medo de arriscar, não se esqueçam dos seus ideais, saibam que vocês são únicos, campeões porque nasceram, a solução é a felicidade, vocês são o máximo, e não deixem o rato mexer no teu queijo".

Eu ainda me lembro daquele dia, sentado na cadeira especial para formandos, olhando os meus colegas serem chamados um a um ao palco, e pensando nas coisas que cada um de nós haviamos dito uns aos outros durante os últimos dias de aula, "Eu quero ser um Washington Olivetto", "Eu quero ter a minha agência de propaganda", "Eu quero trabalhar em Nova Iorque", "Eu quero fazer propaganda de cerveja para poder ver mulher bonita", "Eu quero ser o mais premiado redator da propaganda brasileira".

Eu ainda me lembro como se fosse hoje, que nenhum dos meus colegas disse algo do tipo, "Eu quero mudar, quebrar e destruir as regras da propaganda mundial", "Eu quero acabar com a profissão de publicitário e inventar algo novo que nem eu sei qual é", "Eu quero inventar uma nova maneira de fazer propaganda que não polua o mundo, não interrompa a vida das pessoas, não desrespeite a natureza, e não destrua os neurônios das crianças", "Eu quero ensinar as pessoas a viver sem propaganda", "Eu quero prender todo publicitário que mentir para eleger políticos", "Eu quero fazer propaganda do BEM"

Eu estudei na melhor do Brasil. Hoje meus colegas estão todos bem colocados. Alguns deles realmente atingiram seus objetivos, moram no exterior, ganham prêmios por "criarem" propaganda de cerveja com mulher pelada, são amigos não apenas do Washington Olivetto, mas do Nizan Guanaes.

E todos, acima de tudo, votam pela manutenção da propaganda mundial em seus termos tradicionais, ganhos tradicionais, formatos tradicionais. Panfletos nas esquinas, outdoors na rua, comerciais durante o filme, merchandising dentro da novela.

Essa é a minha geração, mas se você quer servir a sua geração, TRAIA A SUA GERAÇÃO!

Se você quer servir a sua geração, EXPONHA os erros da sua geração, BRIGUE pela verdade, pelo progresso da profissão mesmo que isso implique em começar uma revolução.

Se você quer servir a sua geração, NUNCA confunda as coisas que a sociedade valoriza, com as coisas que REALMENTE são importantes.

Como…

COMPAIXÃO. Drauzio Varella poderia ter sido mais um médico commodity em um hospital commodity com diplomas commodities, mas não; os médicos que melhor servem a sua geração são aqueles que lutam para que a medicina seja acessível e disponível para todos.

REFORMA. Rodrigo Baggio poderia ter sido mais um professor de informática commodity em uma escola commmodity em um bairro commodity, mas não; os professores que melhor servem a sua geração são aqueles que brigam para que a educação seja acessível a todos, mesmo que seja necessário quebrar regras de ministérios e secretarias.

TODOS TÊM DIREITO AS MESMAS COISAS PARA PODEREM SER DIFERENTES!!!!

Quais bandeiras vale a pena levantar na sua geração? O que você vai reformar na sua profissão? Na sua comunidade? No seu país?

Se você tem o dom de pensar em tantas coisas bonitas, porque não fazê-las?

Eu vou reformar a propaganda e o marketing. Depois da reforma, a propaganda não será chamada de propaganda e o marketing se dissolverá em tudo. É uma bandeira contra o mais do mesmo e uma sociedade inteira de egocêntricos e conservadores.

Não interessa a briga que eu vou comprar, eu não gosto do mundo como ele é, por isso vou reformá-lo, não gosto da maneira que as pessoas se tratam, por isso vou reformá-la, não gosto da reputação que as pessoas gostam de preservar, por isso vou reformá-la.

Eu tenho a obrigação de trair a minha geração pelo futuro das próximas gerações.

Eu quero que a minha geração seja lembrada como a geração que expôs as faltas, os erros, as tradições ultrapassadas, as leis desatualizadas.

Mesmo que esses erros sejam dos meus amigos.

Traia a sua Geração! NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA.

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?