No fim dá certo…

…Se não deu, é porque não chegou ao fim.
Fernando Sabino. 


Todos nós assistimos assustados as cenas de terror que atingiram os EUA,
e abalaram o mundo na última terça-feira. Do fundo do meu coração, eu
gostaria de enviar toda a simpatia e amor do mundo para os familiares e
amigos daqueles que foram atingidos por esse terrível ataque contra a
humanidade.

É difícil evitar as lágrimas ao refletir sobre o fato de "ainda" existir
pessoas que não tem o mínimo respeito com relação a vida humana. Eu
digo "ainda", porque – apesar de fatos terríveis como esse acontecer –
eu continuo a acreditar que o mundo está melhorando, que a quantidade de
pessoas que não respeitam a vida está diminuindo, que a educação de
todos está melhorando, e que o mundo está evoluindo – a duras perdas –
para um estágio de consciência universal que irá criar uma sociedade que
possa acomodar com liberdade e justiça todos os povos do mundo.

"Seja lá o que acontecer, o mundo continuará a se renovar, e o ser
humano irá encontrar boas razões para viver e sobreviver a guerras,
governos, revoluções e mudanças históricas. É só olhar para o mundo… e
reparar que o número de coisas belas que nós construímos é muito maior
do que aquelas que já foram abatidas." do New York Times.

Mesmo que você esteja pensando agora em palavras como derrota, tristeza,
morte… pare, reflita, mas não promova tais sentimentos. Use sempre as
palavras Esperança, e Vitória !.

Eu tenho 31 anos e a CERTEZA que a minha geração irá VIVENCIAR um mundo
melhor e mais justo. Eu QUERO ver isso. Eu vou trabalhar para isso. Só
depende de nós, do nosso trabalho e amor. Nenhuma tragédia do mundo vai
abalar essa convicção.

O ser humano tem a capacidade de surpreender. Nós construímos… e
podemos reconstruir.

Nada menos que isso interessa.

QUEBRA TUDO!