Independência ou Morte.

"Não existe passado ou futuro… apenas o
presente, e o que nós fizermos no presente irá construir o futuro e
escrever o passado".
De autor desconhecido.

Amanhã o Brasil comemora 179 anos de Independência. 179 anos de
lembranças do passado, sonhos para o futuro, e medos no presente. 179
anos de falta de planejamento estratégico, 179 anos de falta valores e
missão, 179 anos de falta de lucratividade, 179 anos de falta de
vocação. A propósito, alguém sabe qual é a vocação do Brasil ?

São 179 anos de gerações e gerações de brasileiros que ouviram culpar,
ou culparam o Império, o Governo, o Diretor, o Síndico, o Professor, a
Inglaterra, os EUA ou o Exército pelos problemas ao nosso redor. São 179
anos de teorias sociais, políticas, raciais e até climáticas que tentam
definir porque o Brasil é o Brasil. Legal, bonito, mas nós precisamos
seguir em frente! É uma questão de responsabilidade ! De comprometimento
com as gerações futuras que vem por aí.

Não apenas no dia da Independência, mas em todos os outros dias do ano,
diga aos seus filhos, aos seus amigos e aos seus colegas de trabalho: "Trate
bem o Brasil! Lembre-se que ele não foi dado a você por seu pai, mas
emprestado por seus filhos".

Apesar das grandes conquistas que o país conquistou nos últimos anos, e
das grandes riquezas e lideranças que conseguimos acumular em algumas
pouquíssimas indústrias, continuamos a ser um país sem estratégia e
posicionamento. Um país sem uma liderança que tenha coragem o suficiente
para definir uma política econômica que coloque o país rumo ao futuro.

Essa falta de posicionamento não seria nenhum problema, se… a Globalização
não tivesse chegado até nós.

Enquanto muitos olham a Globalização como um grande mal para o
mundo moderno, – de fato, a globalização traz com ela o maior desafio
que o ser humano já enfrentou, uma vez que faz com que as pessoas
aprendam a se comunicar, aprendam a conviver com outras religiões,
aprendam a respeitar as diferenças entre os povos, aprendam a se
desafiar como nunca -, a globalização é a maior oportunidade de
crescimento e entendimento do mundo que o ser humano já enfrentou.

É a grande oportunidade que nós temos de criar uma grande sociedade
harmoniosa que é ao mesmo tempo independente e interdependente dos
outros.

Se é verdade que a chama que diferencia o ser humano é a possibilidade
de criar – e eu acredito que é – temos o ambiente ideal para criar
riquezas como nunca.

A transformação que o mundo está passando é um desafio para todos. A Globalização
está criando um gigantesco mercado internacional formado por mais de
190 países – a qual eu prefiro chamar de mais de 190 gigantescas
multinacionais -, que individualmente precisam descobrir, apostar e
desenvolver suas vocações. Neste novo cenário mundial, cada país deve
criar seus INOVADORES e LÍDERES produtos e serviços que possam ser
desejados e trocados por outros INOVADORES e LÍDERES produtos e
serviços. A participação de cada um será diretamente proporcional a
criatividade que cada um conseguir formentar e executar.

Se nós quisermos participar desse cenário como Líderes que podemos ser,
nós precisamos descobrir as nossas vocações, apostar todas as nossas
fichas, e exportá-la.

Não podemos mais perder tanto tempo…

Se, infelizmente nós não vamos conseguir voltar na história para
escrever um lindo começo para o nosso país, nós conseguimos começar
AGORA a escrever uma linda história para ele.

Buscar a nossa Vocação! … Nada menos que isso interessa.

QUEBRA TUDO!