Movimento Evil.

Blogueiros
Ontem a noite eu tive o imenso prazer de me reunir com uma galera do mal: os Blogueiros do Empreendedorismo Brasileiro. São eles: Sergio e Faustini do SuperEmpreendedores, Bob e Thomaz da ResultsON, Lucas do Saia do Lugar e Empreendemia, Rafel do AtitudeBR, Pedro Mello do Blog do Empreendedor da Exame Pequenas Empresas, Leo Kuba da Leo Kuba Empreendedorismo Ilimitado, Débora do Blog dos Empreendedores da Caixa Econômica Federal, o Daniel – empreendedor Endeavor – da MinhaVida, e Ludmilla e o Leandro da Endeavor, responsáveis pela organização da Semana do Empreendedorismo no Brasil e pela promoção da cultura empreendedora no Brasil respectivamente. 

O encontro foi uma iniciativa da Endeavor. O objetivo era reunir blogueiros que estão falando sobre empreendedorismo na web brasileira e discutir juntos uma maneira de acelerar, promover, consolidar, martelar a cultura empreendedora na internet e além. 

O encontro aconteceu na Casa da Cerveja, uma espécie de boutique da cerveja em São Paulo A Casa da Cerveja distribui cervejas importadas, exclusivas, algumas feitas a mão por monges que vivem em mosteiros do outro lado do mundo. Um negócio empreendedor, distribuindo produtos empreendedores de outros empreendedores. 

O encontro começou com uma presentation do Daniel, empreendedor Endeavor, criador do web site MinhaVida. 

A história do Daniel é show de bola. Ele perdeu dinheiro investindo na equipe errada, nos equipamentos errados, na idéia errada, no formato errado, tudo errado; levou alguns anos até perceber o que estava fazendo de errado e começar a acertar. 

Como toda história empreendedora, a história do Daniel é feita de brilho nos olhos, paixão, determinação, erros, vitórias, e uma contínua vontade de fazer a diferença não importa o tamanho do obstáculo. 

A MinhaVida começou no escritório do pai do Danel, e por dois anos não trouxe nenhuma receita para ele, e nem para os outros sócios envolvidos. 

“Fizemos muitas coisas erradas, tivemos que refazer a plataforma 3x, começamos com pessoas muito juniores”, diz Daniel sobre o começo do MinhaVida. 

Outras frases do Daniel:

“Eu nunca tinha sentado na mesa com uma pessoa que quer apenas ajudar”, sobre o trabalho da Endeavor

Daniel ficou realmente surpreso quando conheceu a Endeavor, e passou a se reunir com pessoas que não estavam pensando em bater a sua carteira, ou trabalhar solamente por dinheiro. 

É claro que dinheiro é importante, mas não é tudo. Se fosse tudo, as pessoas mais ricas do mundo seriam as pessoas mais felizes do mundo, e isso não é verdade. 

Receita e lucro fazem parte do negócio, mas não é tudo. 

Além das metas tradicionais, a MinhaVida mede outras coisas.

“Nós temos várias metas relacionadas a qualidade de vidas dos clientes. A meta de 2010 é ajudar os clientes a reduzir 35 toneladas, aumentar a expectativa de vida das pessoas em 1 ano e meio, entre outras.”, Daniel, sobre as metas da empresa. 

Manter os funcionários também é um desafio, principalmente os mais jovens e talentosos. 

“A melhor maneira de segurar a Geração Y é deixá-los empreender” Daniel da MinhaVida.com.br

O Daniel tem hoje 50 funcionários, tudo molecada, famintos por mudar o mundo, fazer a diferença e ter idéias. Na medida do possível, ele acredita em deixar a turma se virar, e decidir como as coisas devem ser feitas. 

O modelo funciona porque o Daniel toca o MinhaVida baseado em Meritocracia a Métricas. Tudo é medido. A partir daí as pessoas sabem onde tem que chegar, qual é o papel de cada um, e tem autonomia para fazer o que imaginam que tem que ser feito para chegar lá. 

“A Liberdade só é possível se tiver Métricas”, sobre autonomia para funcionários

“50% dos negócios vem da receita da propaganda e 50% vem da venda das assinaturas” Daniel da MinhaVida.com.br

O MinhaVida é um web site sobre saúde para pessoas que precisam emagrecer. A partir de um assinatura mensal, o usuário tem acesso a nutricionistas, conteúdo, software que controle o peso e sugere pratos e muito mais. 

“O brasileiro pensa que se existe um líder em um mercado não vale a pena empreender, e isso não tem nada a ver” Daniel, sobre empreender quando se tem concorrentes. 

Finalizada a presentation do Daniel – depois da nona rodada de cervejas européias – começamos a falar sobre o que todos nós poderíamos fazer juntos para espalhar a cultura do empreendedorismo pela web e além. 

Desafios:

1. A molecada quer trabalhar em grandes empresas (pesquisa recente aponta Petrobrás, Vale, Itaú e outros gigantes como locais preferidos da para trabalhar pela Geração Y, e não a garagem do pai para empreender). 

2. A Endeavor tem um projeto bacana para estimular o empreendedorismo nas faculdades. Eles precisam de braços, espaços e muito mais para promover o projeto. 

3. Todos os anos centenas de empreendedores concorrem pela oportunidade de se tornar um Empreendedor Endeavor. Poucos conseguem. Quem fica de fora tem excelentes histórias para contar, e precisa de ajuda para tocar seus negócios. Como ajudá-los?

4. A Endeavor tem acesso a centenas de profissionais de diferentes campos de atuação. Dezenas deles estão na videoteca do site da Endeavor. O que temos na mão e como potencializar isso?

Enfim, existem algumas excelentes oportunidades de todos trabalharmos juntos para espalhar a mensagem empreendedora pelos quatro cantos do Brasil. 

Ontem a noite nasceu o MOVIMENTO EVIL, um movimento formado por pessoas apaixonadas por empreendedorismo, e dispostas a fazer de tudo para colocar minhoca na cabeça das pessoas para fazê-las QUEBRAR TUDO!

Para fechar, uma pérola do Bob da ResultsON: 

“O Google criou a bolsa família da internet, o blogueiro ganha 200 reais no final do ano, e fica contente com os caras”, @BobWollheim