Utilizando o correio eletrônico como ferramenta de comunicação.

Você sabe qual é o maior motivo pelo qual o
consumidor troca de produto, serviço ou fornecedor ? Se você disse
"preço" ou "marca" ou "mal-atendimento", você errou longe. O principal
motivo pelo qual um consumidor troca de fornecedor – corresponde a mais
de 70% dos casos – é a "Falta de atenção". Experimente ficar mais de 30
dias sem fazer um mínimo contato com a sua namorada para ver o que
acontece… Ela troca você por outro. No mundo dos negócios, a estória
não é muito diferente. Se uma empresa deixa de enviar a sua mensagem
para o seu cliente com uma certa regularidade, seja ele uma outra
empresa ou um consumidor-pessoa física, a tendência é a lembrança do seu
produto, serviço ou empresa ir desaparecendo gradualmente da cabeça do
consumidor.

Você poderia dizer: Enviar mensagens com regularidade para o meu cliente
demanda tempo, dinheiro, recursos, pessoas, planejamento… coisas que
só existem em grandes empresas, certo ? Errado. A massificação da
Internet popularizou uma das ferramentas de comunicação mais poderosas
já inventadas: o Correio Eletrônico. Através do correio eletrônico, a
sua empresa pode criar um canal de comunicação freqüente e consistente
com o seu consumidor a um custo/benefício incrivelmente baixo.

Entretanto, o número de mensagens que os seus consumidores estarão
recebendo também deve triplicar até 2005. Por essa razão, se você deseja
utilizar o correio eletrônico como um poderosa de comunicação e
marketing com os seus clientes, e se destacar em meio a tantas outras
mensagens, algumas regras devem ser observadas.

1. Seja claro e objetivo. Vá direto ao assunto. De acordo com o
Instituto Jupiter Communications, somente 15% dos usuários de correio
eletrônico lêem toda uma mensagem. 51% dos usuários lêem apenas os
primeiros 2 parágrafos. Qual a oferta que a sua mensagem está trazendo ?
Vá direto ao assunto. Não escreva um tratado de negócios. Não prolongue
o assunto.

2. Esteja disponível. Ao final da mensagem, coloque um aviso de
"Para maiores informações" ou "Compre agora" … e adicione um e-mail ou
fone para contato.

3. Seja um Editor. O seu cliente precisa ter a impressão que está
negociando com profissionais. Antes de enviar um e-mail a qualquer
pessoa, confira, e depois confira de novo, os erros de texto de
português e gramática que a mensagem pode trazer. Seja criativo. A forma
com que você escreve e comunica a mensagem é fundamental para prender a
atenção do seu cliente.

4. Público-Alvo. O texto pode estar perfeito, a oferta ainda mais
perfeita, mas se o público-alvo não tiver sido escolhido
cuidadosamente, você pode ter resultados muito baixos.

5. Oferta. Qual é a grande oferta que o seu cliente está
recebendo ? A mensagem deve deixar bem claro o que é a oferta. Por
exemplo: Preços Baixos, Lançamentos, Promoções por tempo limitado,
Atualizações de Produtos, Concursos etc. Encontre o foco da sua oferta e
seja simples na comunicação.

6. Nunca envie e-mails para quem não solicitar. O feitiço pode
virar contra o feiticeiro. Não adicione e-mails a sua lista de envio sem
haver pedido permissão do usuário para fazê-lo.

O Correio Eletrônico pode mudar a estória da sua empresa. Se você ainda
não utiliza este meio de comunicação para conquistar e reter clientes, é
importante que você saiba que o seu concorrente talvez o esteja.