Como as coisas funcionam?

A curiosidade é o combustível do ser humano. Desde sempre somos curiosos por natureza. Desde sempre estamos buscando por respostas e formulando perguntas para aquilo que não conhecemos ou ainda não experimentamos. Desde sempre queremos saber "Como as coisas funcionam", ou porque as coisas são assim. Porém, as vezes parece que toda essa curiosidade é esquecida, é deixada de lado e trocada por um outro sentimento que também buscamos com muito ardor: a segurança. Porque tentar algo novo quando tudo parece ok ?

No mundo dos negócios essa falta de curiosidade e apego a segurança pode ser fatal.

No BizRevolution dessa semana, você vai encontrar a estória da Xerox (leia artigo abaixo) – que passou de visionssria para estacionssria em apenas alguns anos -, da Microsoft e da Dell (leia artigo abaixo) – que mesmo sendo líderes de mercado, passam por um momento de reinvenção -, da Charles Schwab e GE (leia artigo abaixo) – que procuram se antecipar as mudanças de mercado antes mesmo delas acontecerem -, e de tantas outras companhias líderes de mercado reunidas no livro Forbes (sugestão de leitura).

Como manter acessa a chama da curiosidade dentro das empresas ? Existem muitas razões que explicam porque empresas rápidas e inovadoras se tornam lentas e burocráticas, mas se você me perguntar qual é a maior delas, ou quando esse movimento começa, eu diria que começa quando os novos funcionssrios – aqueles que não viveram os anos de "real" crescimento da empresa – não conseguem entender o significado dos VALORES da empresa para qual eles estão trabalhando. Que inclusive também para de promover esses VALORES porque precisa se concentrar em "tirar pedidos".

Quem vai parar para pensar nos VALORES da empresa quando a empresa estss faturando milhões, e os clientes estão brigando pelo produto ? Quem vai se quer lembrar quais são os VALORES da empresa ?

Quando uma empresa para de promover os VALORES em cima do qual ela foi construída, está decretando o seu fim. Uma empresa sem valores é uma empresa sem alma. Ponto final.

Quando há 55 anos atrás David Packard escreveu o livro HP Way (sugestão de leitura), ele não estava escrevendo apenas a "filosofia da HP", mas sim o verdadeiro "Planejamento Estratégico da HP". Eu espero que seus atuais funcionários saibam manter viva tanta determinação.

Existe muito a dizer sobre VALORES. A má notícia é que você não aprende sobre como contruir e promover os VALORES da sua empresa em cursos de administração. A boa notícia é que você precisa viver esses valores para manter a curiosidade da sua empresa sempre viva. Existe melhor forma de aprender?

QUEBRA TUDO !